Alcançando mudanças em sua relação: o caminho mais fácil!

Quantas vezes você já se deu conta de que seu relacionamento necessita urgentemente de mudanças?

Sabe aquele frio na barriga, aquele medo, aquela percepção de que tudo está se perdendo e nada está sendo feito…

E mais, você percebe que muitas dessas mudanças necessárias também deveriam vir do outro. Contudo, não acontecem…

Já se viu imaginando se não existiria um caminho mais fácil para alcançar essas transformações?

Acredite, esse caminho existe e é mais simples do que você imagina, pois só depende de uma única pessoa, você mesmo!

E é sobre isso que iremos falar neste artigo!

borboleta

É interessante como nos relacionamentos estamos sempre esperando que o outro perceba o quanto erra, o quanto nos magoa ou decepciona e que mude.

Já ouvi diversas vezes no meu consultório a máxima: “Não adianta, ele (a) não muda mesmo, vou desistir!”

O que acontece a cada conflito que vivenciamos, é que ficamos lamentando imensamente o porquê de nosso parceiro ou parceira não perceber coisas tão simples e tão importantes para nós.

Quantas vezes repetimos e repetimos o que esperamos do outro e ele nunca muda!

É sempre tão fácil e claro enxergar os erros do outro!

casais brigando

O problema é que nunca paramos para pensar e enxergar os nossos erros!

 Nunca prestamos atenção em como nós também ferimos. Nunca refletimos sobre como nossas atitudes e palavras podem estar machucando e magoando.

Estamos tão presos em nosso sofrimento egoísta, que não lembramos que o outro também pode estar sofrendo, o outro também, tem sentimentos.

Pare por um momento e reflita antes de responder: quantas vezes, em uma situação de conflito, onde se sentiu magoado, você parou para pensar e analisar se também magoou o outro?

Quantas vezes você percebeu e assumiu a sua parte, a sua responsabilidade, para que as coisas chegassem onde chegaram?

ideiaideia 2

E quantas vezes só ficou sentindo pena de si mesmo, colocando-se em uma situação de vítima injustiçada e sentindo raiva porque o outro te feriu?

Não sei você, mas posso te dizer por mim e por meus pacientes que a segunda opção é mais, bem mais comum!

Infelizmente, ainda acreditamos que é mais fácil culpabilizar o outro por nossos problemas, esperando dele uma mudança, do que buscarmos em nós mesmos essa responsabilidade pelas transformações que almejamos.

E, sim, é claro que o outro também precisa mudar, mas isso é com ele e não depende de nós! Só podemos fazer a nossa parte!

O problema é que, enquanto pensamos nas mudanças que o outro precisa efetuar, enquanto ficamos tentando fazer o outro mudar, deixamos de ver a nossa parte e de perceber quais são as mudanças que nós temos que colocar em prática!

Sabe, na terapia de casais, um dos mais importantes passos que o casal precisa dar, está relacionado a conseguir dialogar para resolver seus conflitos.

É necessário que aprendam a conversar sobre todas as suas situações problemáticas e mal resolvidas, para tentar acertá-las. Difícil, não é?

O bom é que, no decorrer das sessões, cada vez mais, eles vão conseguindo olhar nos olhos um do outro e falar sobre seus sentimentos e sobre coisas que os incomodam no comportamento do outro.

Maravilhoso isso, não é! Poder falar tudo o que te machuca e ser escutado pelo outro!

Contudo, apesar de ser importantíssimo, isso é apenas o começo!

 Na verdade, o ideal que acredito que cada casal deva alcançar é, que a cada conflito, antes de sentar para conversar e resolver o problema, cada um já tenha analisado qual foi a SUA PARTE para que tal situação ocorresse. Onde foi que errou e contribuiu para que o problema tenha acontecido.

O ideal seria que não fosse necessário um apontar para o outro o que não achou correto no comportamento dele e sim, que cada um já estivesse com sua parte analisada – aberto para ver se existe mais alguma coisa que não tenha percebido – e que a conversa girasse em torno de se desculpar por ter ferido aquele que diz amar.

casal d

Assim, o propósito do diálogo, não seria mais somente expor seus sentimentos e decepções, seria, principalmente, pontuar que já percebeu seus erros e se desculpar por eles.

Imagine como a cada conversa o clima iria se tornando muito mais leve e ameno e o quanto o diálogo seria cada vez mais profundo, amigável e transformador para ambos!

Que tal? Te convido a olhar para sua parte em todos os conflitos que vocês vivenciam! Acredite, sempre tem a sua parte!

frase

O que você precisa mudar? Como você tem ferido e machucado o outro? Pense nisso, pois a única pessoa que você pode mudar neste mundo é você mesmo!

E, sim, esse é o caminho mais fácil para alcançar mudanças em sua relação! Aliás, o único caminho!

Porém, tenho uma boa notícia para te animar, quando VOCÊ MUDA, TODO O SEU MUNDO E SUAS RELAÇÕES MUDAM!

mundo

Como sempre digo, o grande problema é quando passamos a vida olhando os erros do outro! E a grande solução é quando passamos a vida olhando nossos próprios erros!

E, para encerrar, deixo para você esse vídeo, com essa linda e inspirada canção, que se trata de uma das mais profundas e extraordinárias orações que eu já vi!

Oração de São Francisco!

Ah! E se você gostou desse artigo, quero te convidar a deixar seu comentário, compartilhar e cadastrar seu email para receber nossos materiais exclusivos sobre a vida a dois.

Cadastre seu e mail e receba as atualizações do blog!

Boa reflexão e até o próximo!

 

3 Comentários


  1. Lendo o artigo pude mim ver com
    o outros olhos ..entendi que eu estava com o pensamento erado a rrespectiva de uma mudança que tem que começar em mim …eu estou mim readaptando a cada mmensagem que leio e a cada audio que ouço obrigado Dr viviane por hoje fazer parte de uma nova mudança que eu almejo conseguir através de sua ajuda.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.